REGULAMENTO PARTICULAR

 

 

 

Art. 1º - A SUL DAS GERAIS - 2010, Exposição Filatélica Nacional, terá lugar na cidade de Poços de Caldas, MG, entre os dias 19 e 26 de Março, no Centro Cultural da URCA localizado na Praça Getulio Vargas, s/n, e será organizada pela Câmara Brasileira de Filatelia por delegação da Federação dos Filatelistas do Brasil (FEFIBRA).

 

Art. 2º - A SUL DAS GERAIS - 2010 terá o patrocínio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas e da Federação dos Filatelistas do Brasil (FEFIBRA).

 

Art. 3º - A Exposição reger-se-á pelo Regulamento Geral das Exposições Filatélicas Brasileiras de Competição (REGEFIBRAC), aprovado pela FEFIBRA, assim como pelo presente Regulamento Particular. O REGEFIBRAC está disponível no site  www.fefibra.org.br.

 

 

 

DA PARTICIPAÇÃO

 

Art. 4º – Poderão se inscrever na SUL DAS GERAIS - 2010 expositores residentes em qualquer região do Brasil.

 

Parágrafo único – Serão admitidas inscrições de expositores residentes fora do país, desde que filiados à FEFIBRA.

 

Art. 5º - As participações serão inscritas individualmente, devendo as mesmas ser de propriedade do próprio expositor.

 

Parágrafo 1º - Havendo disponibilidade de quadros poderão ser aceitas até três participações por expositor.

 

Parágrafo 2º - No caso da não aceitação de uma inscrição, o proprietário da coleção será informado, por escrito, das razões da recusa.

 

Art. 6º - às coleções estreantes será reservada a quantidade de 40 % (quarenta por cento) do total de quadros.

 

Art. 7º - às coleções da classe Filatelia Juvenil será reservada a quantidade de 10 % (dez por cento) do total de quadros.

 

Art. 8º - As inscrições serão feitas em formulário especial (disponível no site  www.fefibra.org.br), em DUAS VIAS para cada participação. Uma vez assinadas pelo expositor e anexadas ao restante da documentação, deverão estar nas mãos do respectivo Comissário Estadual até a data limite de 20 de janeiro de 2010. Deverão conter:

 

a) Informações gerais sobre o exibidor.

b) Título e descrição resumida da coleção.

c) Participações em certames anteriores, com a respectiva premiação.

d) Parecer do Comissário Estadual, no caso de coleção estreante.

e) Número de quadros desejados em conformidade com o Art. 12º.

f) Meio de remessa da coleção.

g) Método de pagamento da taxa de inscrição: cheque/banco ou depósito.

Parágrafo 1º - Todas as inscrições deverão estar obrigatoriamente acompanhadas por uma fotocópia do plano da coleção e da folha de apresentação. No caso da classe Filatelia Juvenil, fotocópia da certidão de nascimento ou da Identidade (RG).

 

Parágrafo 2º - O pagamento da taxa de inscrição, conforme descrito no Art. 16º, parágrafo 2º, também poderá ser feito através de depósito bancário à CâMARA BRASILEIRA DE FILATELIA, CNPJ 38.732.764/0001-44, no Banco Itaú, Agência 1403, conta corrente 14073-2.

Cópia do comprovante de depósito deverá ser anexada à documentação. No campo TAXA DE INSCRIçãO do formulário, mencionar DEPóSITO EM CC.

 

Art. 9º - O Comissário Geral poderá recusar qualquer coleção ou reclassificá-la.

 

Parágrafo único – Após a seleção final, a notificação da admissão e do número de quadros concedidos será enviada ao expositor até 31 de janeiro de 2010, através do Comissário Estadual. 

 

Art. 10º - As participações que não forem entregues pessoalmente deverão estar em poder da Comissão Organizadora (CO) até 15 de março de 2010.

 

 

Art. 11º - Cada expositor receberá o Boletim, o Catálogo, a Lista de Premiação (Palmarés), e o Diploma de Premiação ou o Diploma de Participação, bem como terá livre acesso ao local da exposição.

 

 

 

DA EXIBIÇÃO

 

Art. 12º - A exibição do material será feita em quadros de 1,00 x 1,20 m, cabendo a cada participação um número de quadros conforme estipulado a seguir:

 

- Para participações com premiação vermeil grande (VG) ou superior serão atribuídos 8 (oito) quadros;

- Para participações estreantes ou com premiação até vermeil (V) serão atribuídos 5 (cinco) quadros;

- Para as participações da classe de Filatelia Juvenil serão atribuídos o mínimo de 2 (dois) e o máximo de 5 (cinco) quadros, de acordo com cada uma das seções em que esta classe está dividida:

 

Seção 0 - 2 (dois) a 3 (três) quadros;

Seção A - 2 (dois) a 4 (quatro) quadros;

Seção B - 3 (três) a 5 (cinco) quadros;

Seção C - 4 (quatro) a 5 (cinco) quadros.

 

Art. 13º – Cada folha de exposição deverá vir protegida por capa plástica transparente e numerada, no verso, seqüencialmente.

 

Art. 14º - A CO poderá atender exceções justificadas, bem como reduzir proporcionalmente o número de quadros solicitados, independentemente da premiação anterior, desde que razões de alta relevância assim o exijam.

 

 

 

DA CLASSIFICAÇÃO DAS COLEÇÕES

Art. 15 - Serão recebidas inscrições para as seguintes Classes:

1 - Classe de Competição:

A - História Postal

B - Tradicional

C - Temática

D - Um Quadro

E- Maximafilia

F - Juventude (Será considerada a idade do expositor no dia 1 de janeiro de 2010).

Seção O - até 12 anos

Seção A - de 13 a 15 anos

Seção B - de 16 a 18 anos

Seção C - de 19 a 21 anos

G - Fiscal


H - Inteiros Postais

 

 

Parágrafo 1º - Para reconhecer o trabalho desenvolvido pelos expositores da classe de Filatelia Juvenil, a FEFIBRA irá oferecer um notebook como prêmio de incentivo à coleção campeã da classe (eleita pelo júri).

 

Parágrafo 2º - à  título de incentivo à formação de novos expositores juvenis, por ocasião da realização das Oficinas Filatélicas ministradas por funcionários dos Correios, estes, de comum acordo com o corpo de jurados, escolherão diariamente, no final de cada Oficina,  o melhor e mais bem apresentado trabalho. Dentre esses trabalhos do dia será sorteado um kit de conteúdo filatélico.

 

Parágrafo 3º - Não poderão ser inscritos trabalhos manuscritos e ou fotocopiados.

 

 

 

 

DAS TAXAS E SEGUROS

 

Art. 16º - Os expositores das classes “A”, “B”, “C”, “D”, “E”, “G” e 'H' pagarão, no ato da inscrição, a quantia de R$ 15,00 (quinze reais) por quadro solicitado.

 

Parágrafo 1º - Para as classes mencionadas acima, expositores do exterior pagarão, no ato da inscrição, o equivalente a € 10,00 (dez euros) por quadro solicitado.

 

Parágrafo 2º - Os expositores da classe “F” (tanto nacionais como do exterior) estão isentos do pagamento da taxa de inscrição.

 

Parágrafo 3º - O pagamento deverá ser feito através de cheque nominal e cruzado em nome da CâMARA BRASILEIRA DE FILATELIA. Será arrecadado pelo Comissário Estadual e por ele remetido, junto com as Fichas de Inscrição, para o endereço postal da CO, mencionado no final deste Regulamento Particular. Tal pagamento também poderá ser efetuado por meio de depósito bancário na conta citada no Art. 8º parágrafo 2º.

 

Art. 17º - As coleções serão montadas em local de absoluta segurança, com vigilância garantida pela CO.

 

Art. 18º - Nenhuma responsabilidade caberá à CO ou a seus membros por perda, roubo ou outro qualquer dano porventura ocasionado ao material a ser exposto, estando o mesmo em poder da CO ou em trânsito.

 

Art. 19º - Aos expositores é permitido efetuar o seguro de suas coleções, independentemente de qualquer entendimento com a CO, desde que tal medida não importe em ônus para a exposição e/ou para a CO.

 

 

 

DOS PRÊMIOS E DO JÚRI

 

Art. 20º - Para as classes de competição, além das medalhas (ouro grande, ouro, vermeil grande, vermeil, prata grande, prata, bronze-prateado e bronze) e dos diplomas de participação, serão instituídos mais os seguintes prêmios:

 

a) Grande Prêmio SUL DAS GERAIS – 2010: para a melhor coleção da exposição.

b) Prêmios de Classe: para a melhor coleção de cada uma das classes: “A”, “B”, “C”, “D”, “E”, “F” e “G”.

c) Prêmios Especiais.

 

Parágrafo 1º - Na Classe de UM QUADRO serão ofertados unicamente diplomas de medalhas de ouro, prata e bronze, a exemplo do que é adotado pela FIP. 

 

Parágrafo 2º - A diferenciação do módulo “Grande” da medalha outorgada será feita apenas nos diplomas e na lista de premiação (Palmarés).

Art. 21º - O Grande Prêmio SUL DAS GERAIS-2010 e os Prêmios de Classe serão outorgados às coleções que reunirem o melhor mérito e as quais previamente tenham sido atribuídas, no mínimo, medalhas de vermeil (V) .

 

Parágrafo único – As participações contempladas com o Grande Prêmio e Prêmios de Classe receberão também a medalha que lhes tenha sido atribuída de acordo com o caput do artigo precedente, incisos e parágrafos.

 

Art. 22º - Os prêmios especiais poderão ser ofertados e entregues à CO até a véspera da inauguração da exposição e serão distribuídos às coleções que hajam obtido, no mínimo, uma medalha de prata (P). Poderão receber o nome da entidade doadora, observando o que preceitua o Art. 68 e seus parágrafos no Regulamento Geral das Exposições Brasileiras de Competição.

 

Art. 23º - Os prêmios especiais serão entregues ao júri sem implicações de ordem pessoal. Entretanto, poderão ser respeitados os desejos de destinação em função da classe de competição, ouvido o júri que, em última instância, será quem decide.

 

Art. 24º - Os prêmios especiais podem ser objetos de arte, obras literárias, placas ou medalhas.

 

Art. 25º - Os membros do júri serão indicados e convidados pela Federação dos Filatelistas do Brasil (FEFIBRA).

 

Art. 26º - O júri poderá transferir uma participação de uma classe para outra, caso venha a se patentear equívoco na classificação.

 

Art. 27º - Somente será julgado o material exposto, não sendo permitida a apresentação ao júri de material complementar.

 

Art. 28º - As decisões do júri serão irrecorríveis e tomadas por maioria. O Presidente do júri terá voto de qualidade em caso de empate.

 

Art. 29º - O Presidente e o Secretário do júri serão eleitos na primeira reunião de jurados. Ao Secretário competirá a elaboração da Ata.

 

Art. 30º - A homologação do Grande Prêmio, dos Prêmios de Classe, das medalhas de ouro grande (OG), das medalhas de ouro (O) e dos prêmios especiais será submetida a voto do júri pleno.

 

Art. 31º - A pontuação estabelecida pelos jurados será feita com base nos critérios adotados pela FIP para cada uma das classes e explicitada na Folha de Julgamento, fornecida pela FEFIBRA.

 

Art. 32º - A Folha de Julgamento de cada participação, com as pontuações (parciais e total) obtidas, além das observações e comentários específicos, será entregue pelo Presidente do Júri à FEFIBRA, com cópia para a CO, para ser encaminhada a cada expositor.

 

Art. 33º - O Júri terá o direito de não atribuir quaisquer dos prêmios especiais, além de não estar obrigado a reconhecer e/ou a manter qualquer classificação anteriormente obtida por uma participação.

 

Art. 34º - A CO afixará a lista de premiação em local visível ao público, tão logo que esta seja liberada pelo Presidente do Júri. A CO também disponibilizará a lista de premiação no site www.fefibra.org.br.

 

Art. 35º - Os jurados estarão à disposição dos expositores para orientações, análises, explicações e justificativas sobre a premiação outorgada, após a conclusão e divulgação do trabalho do júri, em data e local estipulados pela CO.

 

 

DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

 

Art. 36º - As participações deverão estar em poder da CO até 15 de março de 2010. Os expositores que trouxerem pessoalmente as suas coleções deverão montá-las nos quadros que lhes forem atribuídos, ate 24 horas antes da abertura do evento.

 

Art. 37º – A critério da CO, a montagem e a desmontagem de participações poderão ser realizadas pelo respectivo comissário ou pelo próprio expositor.

 

Art. 38º - E’ vedada a retirada ou a colocação de peças nas participações durante a realização da exposição.

 

Art. 39º - Os expositores, ao assinarem seus formulários de  inscrição, aceitam as disposições que constam no presente Regulamento Particular.

 

Art. 40º - Os expositores obrigam-se a acatar todas as decisões da CO que não contrariem o presente Regulamento Particular, bem como o Regulamento Geral das Exposições Brasileiras de Competição, e a respeitar todos os prazos e horários estabelecidos pela CO.

 

Art. 41º - Os casos omissos no Regulamento Geral e neste Regulamento Particular serão resolvidos, em caráter definitivo, pela CO.

 

Art. 42º - Para todos os efeitos, o endereço da CO é o seguinte: Rua Pernambuco Nº 1389 – loja 3P. Savassi. Belo Horizonte, MG. CEP: 30130-151. Tel. (031) 3227- 0125.